19

LEGIÃO URBANA - TEMPO PERDIDO (analisando letra)


Olá a todos!!!!

Quero dedica esse espaço a uma grande curiosidade que tenho e creio eu que muitos também possam ter.

Existem certos tipos de musicas, que agente ouve, e que as vezes não entendemos o que o cantor ou compositor quis dizer com aquela determinada letra, e ficamos em busca de respostas que muitas das vezes não são esclarecidas.

Vou postar aqui algumas musicas que gosto e que me aguçam a curiosidade de repente pode ser a sua também, vou começar com uma que curto muito, ( Legião Urbana -  TEMPO PERDIDO ). Essa letra fala dos jovens se tornando adultos... Fala do tempo que tinhamos livre, e que perdemos, e do muito que ainda temos pela frente, pois somos jovens.


Tempo perdido (letra)

Todos os dias quando acordo,
Não tenho mais o tempo que passou
Mas tenho muito tempo:
Temos todo o tempo do mundo.

Todos os dias antes de dormir,
Lembro e esqueço como foi o dia:
"Sempre em frente,
Não temos tempo a perder".

Nosso suor sagrado
É bem mais belo que esse sangue amargo
E tão sério
E selvagem.

Veja o sol dessa manhã tão cinza:
A tempestade que chega é da cor dos seus
Olhos castanhos
Então me abraça forte
E diz mais uma vez
Que já estamos distantes de tudo:
Temos nosso próprio tempo.

Não tenho medo do escuro,
Mas deixe as luzes acesas agora,
O que foi escondido é o que se escondeu,
E o que foi prometido,
Ninguém prometeu.

Nem foi tempo perdido;
Somos tão jovens

ANALISANDO LETRA-------------

1 °- "Todos os dias quando acordo, não tenho mais o tempo que passou
( ele reflete sobre o desperdício de tempo, o muito que se tem a fazer e o tempo que passa muito rápido )


2° - mais temos muito tempo, temos todo tempo do mundo
( Aqui ele reflete que quando se é jovem acredita-se ter todo tempo do mundo, e afirma isso )


3° - todos os dias antes de dormir lembro e esqueço como foi o dia
(Aqui ele diz que reflete sobre sua vida antes de dormir, e esquece de tudo quando dorme, pensa sobre seus atos o que passou e estar por vir, tudo passa muito rápido )


4° - sempre em frente, não temos tempo a perder
( Nesse trecho ele nos deixa a ideia, de que mesmo com todas as adversidades da vida deve se manter a esperança, em outras palavras, não desista, não pare, não perca tempo, pois cada segundo é precioso )


5° - Nosso suor sagrado, e bem mais belo que esse sangue amargo e tão serio, selvagem
( Aqui ele fala do  nosso esforço. O que conquistamos com luta, é melhor do que aqueles que conquistam passando por cima dos outros, matando, roubando agindo como animais selvagens sem emoção, sem sentimento )


6° - Veja o Sol dessa manha tão cinza.
( Nesse trecho ele mostra que tenta sempre enxergar o lado bom das coisas. Numa manhã cinzenta ele contempla o sol, deixando o tom cinza e feio do céu de lado. )


7° - A tempestade que chega e da cor dos teus olhos castanhos
( Aqui ele diz, que toda a turbulência de sua vida, se da, devido a uma determinada pessoa, sua parceira(o) talvez.Comparando a cor da tempestade com a cor dos olhos dessa pessoa, ele diz que a cor é a mesma, nos dando a ideia de que essa pessoa é a razão de seus problemas, "a tempestade que chega e da cor dos teus olhos" )


8° - Então me abraça forte, me diz mais uma vez que já estamos distantes de tudo
( Mas mesmo assim essa pessoa é o refugio dele, e estão fugindo de todo mal que a vida possa lhes reservar, (o tédio a monotonia, preconceitos e etc )


9° - Temos nosso próprio tempo
( Somos donos do nosso tempo, da nossa vida. )


10° - Não tenho medo do escuro, mais deixe as luzes acesas agora
( Nesse trecho, ele deixa claro que não sabe do que estar por vir, que o futuro não esta claro pra ele, mas venha o que vier ele quer esta prevenido. É a ideia de dormir com a luz acesa mesmo não tendo medo do escuro, a ideia de prevenção. )


11°- O que foi escondido é o que se escondeu, e o que foi prometido ninguém prometeu  nem foi tempo perdido, somos tão jovens
( Nesse trecho, ele diz que o jovem esta sempre em busca de algo, a procura de alguma coisa que de sentido a sua existência, muitas das vezes, coisas  que nem ele mesmo sabe o que é, se agarra a ideais e promessas que ele por si mesmo quis acreditar, que achou que era certo, e diz que ainda que se tenha acreditado em falsas promessas e ilusões, não se perdeu tempo, somos jovens temos muito pela frente e muito a aprender )

THE END

GOSTOU? SIGA-NOS NO FACE


Ufa!!!!  
Aqui em baixo o  clip da musica e o comentário de um especialista sobre essa letra.

VÍDEO CLIP- TEMPO PERDIDO:



COMENTÁRIO:(professor de letras)


Podemos afirmar que a “aparência” do texto não se preocupa em ser perfeita, mas que seja adequada e que suporte o conteúdo do poema. Contando com o apoio de figuras expressivas da linguagem literária, o texto apresenta-se perfeitamente coeso apesar da quantidade de elementos aparentemente díspares que comporta.

O sujeito lírico – expresso em primeira pessoa – expõe suas ansiedades frente ao mundo que representa no poema. Esse mundo é representado por imagens contrárias, em que o sujeito se vê, ele próprio, entre a aparência e a essência, ou seja, o tempo a que o poema se refere independe de ações particulares mas, ainda assim, constitui-se como um momento de reflexão que poderia vir a corrigir os “erros” cometidos e, assim, modificá-los a fim de que sejam adequados futuramente.

O poema refere-se à vida privada, mais especificamente à vida interior de uma coletividade, no caso, os jovens. O sujeito lírico não é denominado, permitindo que o discurso seja utilizado por qualquer pessoa que se identifique com o conteúdo

19 Comentários:

Anônimo rebobinou e disse...

muito bom cara parabéns

Anônimo rebobinou e disse...

Muito boas suas interpretações, mas toma cuidado com o uso do "mas" e "mais", achei vários erros.
:)

Anônimo rebobinou e disse...

Gostei muito ..Twitter @Gio_4ever

Anônimo rebobinou e disse...

nossa adorei!!!

Anônimo rebobinou e disse...

adoreiiii!!!!! me ajudou muito em um trabalho da escola

Marcos Mariano rebobinou e disse...

Olá amigo anônimo, é bom saber que esse post te ajudou, isso só da mais sentido ainda ao trabalho que fazemos aqui.

Abraços

Anônimo rebobinou e disse...

Parabens sou fa de legiao urbanaesse cara n era pra morre,pois a letras das musicas dele me espirao muito.

Anônimo rebobinou e disse...

Gostei demais. parabens

Anônimo rebobinou e disse...

Excelente análise, é assim que deve ser feito. Abraços.

Anônimo rebobinou e disse...

EXCELENTE ANÁLISE.

Anônimo rebobinou e disse...

A análise do suposto "professor de letras" é superficial e prolixa. Fala, fala, fala e não diz muita coisa. No fim, conclui algo que, basicamente, é o refrão da música. Triste pensar que são esses quem corrigem as redações da vida, por aí...

Aliás, por este exemplo fica claro que o uso de vocabulário rebuscado não é garantia alguma de conteúdo de valor. A análise do blogueiro é muitíssimo mais próxima da real intenção do autor, ainda que descrita de forma mais simplória.

jucimara santos rebobinou e disse...

Tempos perdidos... Adoro este vídeo de Legião Urbana, privilegio esta música pois ela tem uma letra muito linda . Relatando a vida dos jovens...

Anônimo rebobinou e disse...

ficou muito bom parabéns

Anônimo rebobinou e disse...

muito bom

Anônimo rebobinou e disse...

Excelente analise critica!!

Anônimo rebobinou e disse...

Parabéns, adorei seu trabalho e continue assim. ^-^

Sauo Moura rebobinou e disse...

Muito bom mesmo!

Anônimo rebobinou e disse...

Acredito que essa música não fala do"disperdicio" de tempo. Mas no tempo em sí. Acrédito que ela esta alinhada com a filosofia de santo Agostinho. No livro dele "confissões" tem um capitulo que ele filosofa sobre o tempo. Não me agrada muito a melação da filosofia medieval para com deus, mas vale a pena conferir coisas como essas de santo Agostinho. (Ta, fui um pouco anacrônico =S) | @gustavaum

Anônimo rebobinou e disse...

Parabéns muito bom!!!!

Postar um comentário

REGRAS DO BLOG
- Todos os comentários são moderados e só ficarão disponíveis após serem aprovados.

SERÃO BLOQUEADOS OU APAGADOS AQUELES COMENTÁRIOS QUE CONSISTAM EM:
- Ofensas, grosserias e discordâncias desrespeitosas contra o autor do blog, ou outros comentaristas;
- Comentários com o objetivo exclusivo de perturbar (trollagens, provocações e bullying virtual)
- Comentários sem relação alguma com o conteúdo;
- Comentários duplicados;
- Com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa, grupo de pessoas e instituições;
- Pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;
- Propagandas políticas, religiosas, de produtos e serviços.
- Comentários que caracterizem prática de spam;

 
no-repit center;