6

A Barbie não é mas aquela, olha a cara dela


Quando vi essas fotos no site  (nuffy.net ), no inicio achei engraçadas, depois, curiosas e daí pra frente, à cabeça começou a fervilhar e tudo começou a perder a graça e ficar sério, pois comecei a ver nessas imagens o retrato da nossa sociedade.

Vejo na sociedade atual uma incrível perda de valores, que se traduz em vidas cada vez mais desorientadas e vazias, consumistas e guiadas por padrões e conceitos que não acrescentam em nada ao desenvolvimento do caráter humano.

Mas pior que a perda de valores é a adaptação de novos valores, que nos levam a estilos de vida fáceis, vulgares, frívolos, e sem sentido nenhum.


A fase da adolescência acho que é uma das fases mas complicadas, principalmente para os pais, já que nesta fase, os “aborrecentes”, digo, adolescentes rs sofrem inúmeras transformações. Hoje está cada vez mais natural a gravidez precoce, e a relação sexual cada vez mais cedo entre adolescentes. E a coisa parece natural, ao ponto de dizerem: ‘‘Minha nossa! As coisas andam modernas demais‘‘ mas seria isso sinal de modernidade?

Antigamente como dizia minha avó, sexo só após o casamento, valores que ainda hoje são passados por muitas religiões, mas que estão cada vez menos aplicados. Daqui alguns anos, talvez não existam mais casamentos.

 O mundo globalizado tem influenciado sempre mais as pessoas, em especial os “aborrecentes”, digo, adolescentes rs. E esta influência generalizada leva a uma sociedade constituída de homens e mulheres sem uma identidade própria, pois a música, as marcas de carros, roupas, etc., padronizam-os, fazendo com que consumam ou façam não aquilo que possa lhe satisfazer ou que seja o melhor para eles, mas aquilo que já vem programado pelos meios de comunicação.


A ausência dos pais, provocada pelo excesso e sobrecarga de trabalho, também é outro ponto que contribui e muito para essa cituação, e que é preenchida ou substituída pelas novas tecnologias, o que de fato repele os valores que são passados através do convívio. As conversas e conselhos entre pais e filhos, o lazer em família, a participação efetiva nas atividades de cada integrante são essenciais para a transferência desses comportamentos.

Se você andar pelas ruas em qualquer período do dia, irá notar que elas permanecem praticamente vazias. O lazer contemporâneo para muitas crianças é se divertir em frente a um computador com jogos eletrônicos. Será que essas novas gerações conhecem o jeito puro e divertido que brincavam as crianças de antigamente? Se questioná-las sobre o que é um estilingue feito com elástico de soro, um pião, ou um carrinho de rolimã, talvez elas desconheçam.

Essas imagens fazem jus aos dias atuais, as Barbies de hoje perderam totalmente a inocência, hoje em dia, as crianças crescem sabendo mais que eu rs.


6 Comentários:

Eduardo Montanari rebobinou e disse...

Realmente essas fotos são uma crítica social forte. Acredito ter sido essa mesma a intenção do fotógrafo. São engraçadas sim, mas retratam bem a perda da inocência. Gosto de coisas ácidas assim.

Mary rebobinou e disse...

aiii... que mal gosto essas fotos! kkk... se for refletir, nada muda, nada mudou: somos infelizes ou felizes de qualquer maneira, não encontramos o meio termo, o quilíbrio da vida. Antigamente não éramos mais felizes porque os valores eram outros, acreditamos nisso porque não estávamos lá... mas pergunte para sua vó como era? Minha mãe mesmo diz como era. Não eram felizes do mesmo modo. As mulheres, os adolescentes, a família... eram eficientes,ordenados ou não, tanto quanto hoje, apens mudou o método, o meio, o jeito... Abraços.

Marcos Mariano rebobinou e disse...

Ola Edu tambem curto muito coisas do tipo
pros mas conservadores as imagens são pertubadoras, do jeito que eu gosto rsrs
abração amigo.

-------------------------------------------------
Oi Mary respeito sua opinião aqui é um espaço democratico, mas a questão é mas de principios e valores do que propriamente de felicidade, as imagens são de mau gosto mesmo, e a intesão era essa mesmo.

bjão

BLOG DO PROFEX rebobinou e disse...

'In-tensão', você quis dizer Marcos...é este ambiente que se quer criar. De tensão, de caos instalado. A troco de que, ainda vou pensar sobre isso. As mídias deveriam se ocupar de coisas que fazem crescer, que valorizem a espécie humana. Lamentável.

K & A. rebobinou e disse...

Olá, Marcos!
Ela nada mais é do que a imagem e semelhança da socierdade moderníssima!
Abçs!
Rike.

Flora Pires rebobinou e disse...

Querido amigo Marcos!
As imagens são revoltantes e até repugnantes e gostaríamos de não vê-las. Mas existem!
E existem pela simples razão de ser ao mesmo tempo uma crítica, mas por outro talvez um prazer mórbido.
Seja como for concordo com toda tua reflexão e compreendo teu objetivo.
De minha parte o que sinto hoje é que existe um afastamento cada vez maior das coisas naturais.
Anomalias sempre houve, mas estão bem pioradas.
Creio que caminhamos para aquilo que chamamos, “a gota d´agua”, que vai encher o copo e o homem terá que encontrar um jeito de parar e refletir a vida e seus valores.
Um grande abraço e sucesso!
Flora.

Postar um comentário

REGRAS DO BLOG
- Todos os comentários são moderados e só ficarão disponíveis após serem aprovados.

SERÃO BLOQUEADOS OU APAGADOS AQUELES COMENTÁRIOS QUE CONSISTAM EM:
- Ofensas, grosserias e discordâncias desrespeitosas contra o autor do blog, ou outros comentaristas;
- Comentários com o objetivo exclusivo de perturbar (trollagens, provocações e bullying virtual)
- Comentários sem relação alguma com o conteúdo;
- Comentários duplicados;
- Com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa, grupo de pessoas e instituições;
- Pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;
- Propagandas políticas, religiosas, de produtos e serviços.
- Comentários que caracterizem prática de spam;

 
no-repit center;