22

Analisando letra: Gangnam Style, a mensagem por trás do mais recente viral da internet


Olá crianças, (risos) como estão? Bom, deixando o trocadilho de lado vamos falar sério.
Talvez você possa estar se perguntando o que tem nessa musica para se analisar, afinal, é um viral da internet, e normalmente todo viral é composto de muita besteira e pouco ou quase nenhum conteúdo, (pra falar a verdade eu não me lembro de nenhum viral que tenha nos apresentado algo realmente relevante) o que não acontece com Gangnam Style. Mas com certeza muitos não perceberam o teor social e comportamental dessa canção porque estavam ocupados de mais tentando fazer a Eguinha Pocotó Coreana.

É verdade, não há elementos de difícil compreensão na letra e nem muita profundidade na composição da mesma, porém, existe um conceito de valores e uma forte crítica social que passam despercebidos para os mais desatentos.


A letra fala basicamente de um cara, que procura uma mulher sexy, até ai nada muito diferente do que já temos ouvido por ai, mais ele não quer só uma mulher sexy, busca-se “uma mulher elegante que saiba apreciar um convite para um café”, “uma mulher que é sexy, mesmo sem se mostrar muito” e que se interesse por “um cara que tem mais idéias do que músculos” (humm, então ele não quer qualquer uma, ele quer alguém que seja sexy, sem ser vulgar, uma mulher educada, inteligente e com estilo).

Depois de algumas referências, do tipo de mulher que ele procura, ele mostra o tipo de homem que ele é, “Um cara que toma seu café todo dia antes mesmo que ele esfrie” (humm, quer dizer que ele é um cara que não tem muito tempo a perder, não é qualquer vagaba desocupado), em outro trecho diz mais, “Um cara educado, mas que quando tem que jogar, joga pra valer” (humm, um cara que sabe o que quer e respeitador, educado, interessante).

No mais, tudo se define no jogo da sedução, sem vulgaridade ou apelo sexual, o desejo por uma mulher que seja uma dama sem perder a sensualidade e não uma cachorra ou Piriguete.


Porém a canção também passeia pelo lado social da coisa. Gangnam é um bairro de classe alta de Seul, capital da Coréia do Sul. Lá não só vivem as pessoas mais ricas e influentes do país, mas também estão localizados as lojas mais caras e luxuosas da cidade, sendo um dos polos que mais cria tendências nacionais. A desigualdade é tanta que quase 7% do PIB do país está localizado nos quase 15 quilômetros quadrados dos bairro. Então, o Gangnam Style seria algo parecido com o Estilo Morumbi, ou o Estilo Leblon, Copacabana, Barra da Tijuca

Mas muito se engana quem pensa que Psy fez a música apenas para exaltar o estilo de vida luxuoso do local. Todo o clipe é uma divertida crítica ao modo de vida consumista da região. Além dos filhos de famílias ricas, acostumados com luxo e conforto, o bairro costuma a receber muitas pessoas que não possuem tanto dinheiro assim, mas tentam se passar por ricos e importantes.

Apesar de ter nascido no bairro de Gangnam, Park “Psy” Jaesang sempre se mostrou contra a tentativa dos frequentadores do bairro de parecerem mais chiques do que realmente são. O clipe inteiro gira em torno de um cara que se acha um figurão, mas o tempo todo se revela estar num lugar completamente diferente.

Quando pensamos que ele está numa praia, o clipe mostra que ele está num parquinho. Ao invés de andar de cavalo e jogar polo, ele anda num carrossel e brinca de cavalinho ( a coreografia mais bizarra e divertida dos últimos tempos). Ao invés de dança numa balada TOP ele dança num ônibus com turistas. Ele encontra a namorada dentro do metrô. Canta dentro de uma cabine de banheiro, sentado na privada. E assim por diante…


Uma das principais referências na letra da música que passa batido é a que envolve café. O cantor se vangloria de tomar seu café em um gole só e diz que quer uma mulher que beba o líquido e saiba aproveita-lo. A parada é que existe uma brincadeira no país com as mulheres que gastam pouco no almoço, mas que não poupam gastos na hora de tomar uma xícara de café.

Cafeterias como a Starbucks viraram sinônimo de alto estilo de vida graças a influência de seriados norte-americanos como Sex and the City, onde as mulheres fazem uma pausa em suas compras para conversar sobre amenidades tomando café.

Tudo gira em torno de como podemos parecer idiotas ao passar uma impressão de que somos ricos, por isso, pessoas melhores, de que ter, esta a cima de ser, da ostentação e futilidades.


É isso galera, talvez você não tenha percebido tudo isso, Gangnam Style não é mais um "Ai se eu te pego", com ritmo contagiante e uma coreografia divertida, Psy deixa seu recado.

Confira a tradução da letra:

Estilo Gangnam 

Oppa tem o estilo Gangnam
Estilo Gangnam

Uma mulher que é quente e amorosa durante o dia
Uma mulher elegante que saiba apreciar um convite para uma xícara de café
Uma mulher cujo o coração se aquece, ao chegar à noite
Uma mulher que mostre esses dois lados

Eu sou um cara
Um cara que é quente durante o dia, que nem você
Um cara que toma seu café todo dia antes mesmo que ele esfrie
Um cara cujo o coração explode quando chega a noite
Aquele tipo de cara

Bonito, adorável
Sim você, ei, sim é você, ei
Bonito, adorável
Sim você, ei, sim é você, ei
Agora vamos até o fim

Oppa tem o estilo Gangnam,
Estilo Gangnam
Oppa tem o estilo Gangnam,
Estilo Gangnam
Oppa tem o estilo Gangnam
Eh sexy lady
Oppa tem o estilo Gangnam
Ehh sexy lady
Ooooh

Uma mulher que pareça inocente, mas que quando joga, joga pra valer
Uma mulher que joga o cabelo na hora H
Uma mulher que é sexy mesmo sem se mostrar muito
Um mulher sensual assim

Eu sou um cara
Um cara educado, mas que quando tem que jogar, joga pra valer
Um cara que vai a loucura na hora H
Um cara que tem mais ideas do que músculos
Aquele tipo de cara

Bonita, adorável
Sim você, ei, sim é você, ei
Bonita, adorável
Sim você, ei, sim é você, ei
Agora vamos até o fim

Oppa tem o estilo Gangnam,
Estilo Gangnam
Oppa tem o estilo Gangnam,
Estilo Gangnam
Oppa tem o estilo Gangnam
Ehh sexy Lady
Oppa tem o estilo Gangnam,
Ehh Sexy Lady
Oooo

Acima do homem que corre está o homem que voa,
Baby baby, eu sou um cara que sabe uma coisa ou duas
Acima do homem que corre está o homem que voa,
Baby baby, eu sou o homem que sabe uma coisa ou duas

Você sabe do que estou falando

Oppa tem o estilo Gangnam
Ehh Sexy lady
Oppa tem o estilo Gangnam
Ehh Sexy lady
Oppa tem o estilo Gangnam
 

 Fonte ( MHM)

22 Comentários:

Angelus rebobinou e disse...

Tomara que o Psy não seja mais um cara de um hit só. Já tinha ouvido falar certa vez que havia uma crítica na letra dessa música, mas nunca tinha parado pra saber mais sobre isso nem ver a tradução. O ritmo dançante e o modismo fazem com que a crítica a toda essa futilidade passe despercebida.
Muito legal essa análise. Abraço e bom feirado. (feliz dia das crianças, hehe).

Eduardo Montanari rebobinou e disse...

Eu não queria, mas acabei viciando nessa droga dessa música. Ela soa estranha no começo, mas depois da vontade de sair nu pelas ruas, fazendo pintocóptero.

Heitor Lima rebobinou e disse...

Muito bom você ter feito esse post; eu já tinha ouvido falar muito basicamente sobre esse sentido crítico da canção, foi muito bom ver os detalhes. E que detalhes! Não é uma profundidade de se admirar, mas é melhor que muita coisa por aí.
Até mais! ;D

Elaine Regina rebobinou e disse...

Poxa, ADOREI O POST! Muito boa a sua análise! Parabéns, viu?

Bom, sobre os meus "seguidores", estou achando melhor deixar quieto mesmo. Não estou interessada na tal "troca de favores" e não quero quantidade, quero qualidade. Sei que a escolha é difícil porque o blog parecerá vazio, abandonado, e os comentários sempre serão poucos. Mas, se alguém der o mínimo de atenção sincera ao que escrevo, já ficarei imensamente feliz.

Abração!

Vanessa Barbosa. rebobinou e disse...

Muuuito bom esse texto! Eu nunca parei pra analisar a letra dessa música, realmente ficava tentando dançar, rsrsrs. Muito inteligente esse cara, fez de um crítica um grande sucesso.

Beijos e bom fim de semana.

Felisberto Junior rebobinou e disse...

Olá!Boa noite!
Marcos!
...sim! Estava sabendo desa "mensagem crítica " desse "hit". ... Psy (Oppa) nos mostram bem o quão ridícula é a ostentação das pessoas que tentam parecer melhores se passando por ricos...Gangnam, em pouco tempo se tornou uma das regiões mais cobiçadas do país,e os moradores não ascenderam através das virtudes orientais de trabalho duro e sacrifício...
Parabéns pela postagem!
Obrigado!
Bom domingo!
Abraços

yassercv rebobinou e disse...

Muito Interessante... parabéns pela analise!

Milene Lima rebobinou e disse...

Eu conheço pouco, acho que só escutei uma vez, mas é mesmo contagiante. Bacana saber isso tudo sobre a música. Mas, não é essa que o Latino quer pegar e estragar?

Pow, se a música tem essa intenção social, além de divertir, não devia parar nas mãos daquele anômalo não.

Beijo, Marcos...

Cecilia sfalsin rebobinou e disse...

Ola Marcos...

Amei sua análise sobre a música, a ouvi uma ou duas vezes, e tão apressadamente que mal acompanhei a letra , só o balanço mesmo, mas adorei estes detalhes tão delicados ..Admirável sua percepção ...

Abraços e parabéns pelo rico post, só agora parei pra pensar e ouvi la novamente também :)...
Parabéns,,,

Cecilia sfalsin rebobinou e disse...

Ola Marcos...

Amei sua análise sobre a música, a ouvi uma ou duas vezes, e tão apressadamente que mal acompanhei a letra , só o balanço mesmo, mas adorei estes detalhes tão delicados ..Admirável sua percepção ...

Abraços e parabéns pelo rico post, só agora parei pra pensar e ouvi la novamente também :)...
Parabéns,,,

Vera Lúcia rebobinou e disse...


Olá Marcos,

Parabéns pela minuciosa análise, que empresta à música uma conotação de conteúdo. Gostei muito.

Abraço.

jack rebobinou e disse...

ai vem um ser despresivel chamado latino e acaba com a letra do cara...

Sérgio Santos rebobinou e disse...

Que bacana saber disso, Marcos! Eu me viciei nessa música e bacana saber mais detalhes. Vergonha mesmo é a versão do Latino, que além de plagiar a obra original, ainda tem uma letra patética! Abraços.

Sissym rebobinou e disse...

Marcus,

Ouvi recentemente a musica, alias, o vídeo. A minha filha, como sempre...., me apresentou.
Contudo, não tive tempo de analisar nada e com seu post pude apreciar de maneira mais profunda.
Que otimo, algo para chegar aos ouvidos com conteudo!!! Vou assistir novamente em casa, agora com "outros olhos".

Bjs

Jacques rebobinou e disse...

Olá, Marcos.
Ótimo post; eu já tinha visto o vídeo, mas não fazia ideia que ele criticava o estilo de vida de quem quer parecer rico e estiloso (como se isso fosse tornar a pessoa melhor do que é).
Abraço.

Mery rebobinou e disse...

Eu não posso dizer nada, pois ainda não parei pra analisar e dar uma opinião. Vi o vídeo e "passou... No twitter o pessoal detona...mas penso q tudo tem um certo conteúdo desde q seja original e tal...
Não estou apta a comentar mais sobre, fico ligada nas crianças o dia inteiro.
beijinho

João Gustavo Alquatti Gonçalves rebobinou e disse...

Muito bom! Muito bom!
Eu não havia tido tempo para analisar a letra, mas agora com esse post, aproveitei.

Ótima análise e quantos sentido tem!

Seguindo!

Barbie Californiana rebobinou e disse...

As pessoas prestaram mais atenção no clip do que o quê a letra queria dizer... já tinha ouvido falar algo similar ao que você analisou, sendo que sua análise está mais completa, parabéns pela postagem, adorei as informações. abraços e linda tarde.

Marcolino Carvalho Pinto rebobinou e disse...

Pois é, Marcos, na Coreia do Sul também tem gente que se acha rico mas não é. Gente que gosta de parecer o que não é. Realidade triste. Eu não tinha percebido isso no vídeo. Quando ele (Psy) disse que queria uma mulher que fosse uma dama na sociedade e uma leoa na cama, me ocorreu que isso fosse um reflexo da cultura oriental que valoriza o equilíbrio. O Yin e o Yang, o expansivo e o introspectivo em equilíbrio, o que, segundo alguns, é uma forma de lidar com êxtase e ascese...Enfim já escrevi demais. Deixarei escrever quem sabe mais do que eu. Felicidades e sucesso para você!

Aline rebobinou e disse...

Legal... Obrigada por esclarecer! E o que quer dizer a dancinha ao estilo hóquei?

Marcos Mariano rebobinou e disse...

Olá Aline, que bom que gostou. Olha, segundo o próprio Psy, em uma entrevista que deu ao programa The Ellen DeGeneres Show, a dança foi criada para que uma pessoa bem arrumada pudesse dançar feito louca, tanto que no clip eles estão sempre vestidos de uma forma bem elegante, quer dizer é só mais uma parte de toda critica. Bom são palavras do próprio Psy, agora se tem mais alguma coisa por traz disso, ele não contou.

Abraços, volte sempre

Julieta rebobinou e disse...

Que legal a sua análise, não sabia que seu blog fazia isso, muito viciante essa música, estou ouvindo agora. Até mais!!!

Postar um comentário

REGRAS DO BLOG
- Todos os comentários são moderados e só ficarão disponíveis após serem aprovados.

SERÃO BLOQUEADOS OU APAGADOS AQUELES COMENTÁRIOS QUE CONSISTAM EM:
- Ofensas, grosserias e discordâncias desrespeitosas contra o autor do blog, ou outros comentaristas;
- Comentários com o objetivo exclusivo de perturbar (trollagens, provocações e bullying virtual)
- Comentários sem relação alguma com o conteúdo;
- Comentários duplicados;
- Com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa, grupo de pessoas e instituições;
- Pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;
- Propagandas políticas, religiosas, de produtos e serviços.
- Comentários que caracterizem prática de spam;

 
no-repit center;