7

Flor de lis arrancada até a raiz


Flor de lis arrancada até a raiz

É aquela velha dança,
que todos os mortais tende a dançar
as vezes transformamos rosas, em armas mortais
ele mergulhou fundo demais
encontrou o abismo
onde os sentimentos se confundem
em insanidade, amor, loucura
a corda que lhe serviria para fuga
ele fez uma forca
era aquele amor, insano amor
pobre moça.

Apaixonado pela flor
de um jardim que não era mais seu
arrebatou-a com força
arrancou-a, até a raiz
linda flor de lis
na flor da juventude
e que Deus o ajude.

Agora a fragrância de um doce perfume
cheira a sangue, a incenso fúnebre
e ainda se pode sentir, esta no ar
a beleza de outrora não se faz agora
foi roubado o sorrir
foi negado o sonhar
pois o amor lhe foi como laço
uma corda, amarrada no pescoço
que o deixou em pedaços
cego de um sentimento escasso
que o levou a matar.

Era alto de mais
Mas ainda sim, ele quis pular
era algo como o vigésimo quinto andar
mas agora, não a mais como voltar
a paixão lhe foi como um tirano
sanguinário, insano
pois não se pode chamar de amor
o que traz morte e dor
e já não a chances de voltar atrás
que Eloá fique em paz
e que Deus conforte o coração de seus pais.

(marcos mariano)

Copyright tradicional (todos os direitos reservados)


Ola a todos!!!!!

As vezes eu fico pensando o que há com esse mundo, vejo reportagens em jornais e na tv de pura violência gratuita, parece que é o que da audiência hoje em dia a violência e o apelo sexual, mas o que mais me aborrece, é quando vejo uma tragédia decorrente de um amor excessivo, pelo menos que se acreditava ser amor.

hoje parece que isso virou moda, antigamente se um relacionamento não dava certo, o casal simplesmente se separava ia cada um pro seu lado e ponto final. Hoje parece ser diferente, o coração humano esta tão ruim, tão cheio de rancor, magoas e uma centena de sentimentos ruins, que o só cogitar, que aquela ou aquele que se ama esta feliz com outro já é motivo para matar, desejar ou fazer o mal.

A verdade é... Que o amor é uma estrada reta, com algumas transversais, e é justamente nessas transversais que muitos tem se perdido, essa poesia eu escrevi quando vi na tv o caso daquela menina Eloá de 15 anos, que o namorado manteve em cativeiro por dias e depois matou, alegando não poder aceitar o termino do namoro, essa poesia eu fiz em homenagem a ela, e a todas as Eloás da vida que sofrem ou sofreram nas mãos desses doentes que não sabem a diferença entre amor e rancor, paixão e loucura.

7 Comentários:

Principe Encantado rebobinou e disse...

Amigo adorei seu texto, parabéns.
Abraços forte

Luísa rebobinou e disse...

Olá Marcos,

Muito bom o teu poema.
Na realidade os seres humanos são rancorosos e possuem um incontrolável sentimento de posse. Isso pode torná-los violentos e certamente amargos.

Grande abraço
Luísa

Mattheus Rocha rebobinou e disse...

Ótimo texto !!

Não é de hoje isso, mas as pessoas estão ficando cada vez mais egoístas. Na pós modernidade, o estímulo da competição acaba mudando toda uma geração e, com a globalização, numa escala mundial.

FrancK P_LavD rebobinou e disse...

Olá Marcos,

Um poema lindíssimo, parabéns!
Continue poetando com boas narrativas.

Abraço,

FrancK

Montanari rebobinou e disse...

Realmente não sei mais o que pensar sobre o amor. Estou bastante desiludido. Na minha opinião o amor não existe, o verdadeiro amor deixou de existir há muito tempo, existe eu acho, o medo da solidão, a carência afetiva e o desejo sexual.

Quanto aos programas de Tv apelativos, à violência e todo o resto, eu já me acostumei. É daí pra pior. Estou seguindo você.

Divagações Solitárias

Mattheus Rocha rebobinou e disse...

Oi, Marcos. Eu tenho baixado a série pela comunidade 'DEXTER', do Orkut: http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=5570827

Um abraço !!

FrancK P_LavD rebobinou e disse...

Amigo,

Muito bom texto e lindos poemas, parabéns!

Grande abraço,

FrancK

Postar um comentário

REGRAS DO BLOG
- Todos os comentários são moderados e só ficarão disponíveis após serem aprovados.

SERÃO BLOQUEADOS OU APAGADOS AQUELES COMENTÁRIOS QUE CONSISTAM EM:
- Ofensas, grosserias e discordâncias desrespeitosas contra o autor do blog, ou outros comentaristas;
- Comentários com o objetivo exclusivo de perturbar (trollagens, provocações e bullying virtual)
- Comentários sem relação alguma com o conteúdo;
- Comentários duplicados;
- Com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa, grupo de pessoas e instituições;
- Pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;
- Propagandas políticas, religiosas, de produtos e serviços.
- Comentários que caracterizem prática de spam;

 
no-repit center;