29

A verdadeira história do Conde Drácula


 Ola, a todos caros amigos Rebobinantes. Hoje quero compartilhar com vocês uma curiosidade que sempre tive. Antes de mais nada quero revelar que sou um fã, incondicional de filmes de vampiros, especialmente os que narram a história do Conde Drácula, pra mim, um dos melhores filmes desse gênero já feito foi o Drácula de Bram Stoker, já vi e revi esse filme por diversas vezes, acho que esse é o único que chega próximo da real história do verdadeiro Drácula.

Infelizmente não fazem mais filmes de vampiros como antigamente, esses vampirinhos modernos que estão surgindo por ai, não retratam nem de longe a história de vampiros que tanto curto, na minha opinião, esses filmes que fazem hoje em dia, não passam de encheção de lingüiça, historinha adolescente pra fazer bilheteria, mais tem quem goste, quem ache inovador. Mais como disse no inicio, sempre tive a curiosidade de saber a real história do Conde Drácula, por isso quero nesse post, compartilhar com vocês.

A história de ficção do Drácula, de Bram Stoker narra a saga de um conde que se revolta contra sua religião depois de perder sua amada. O conde era um homem de extrema força e de um amor ainda maior. Essa força do amor somada ao ódio contra Deus o transformou na criatura da noite mais temida e conhecida de todos os tempos.

Esse é o conto da fantasia, mas na realidade existiu realmente um Conde que vivia na Transilvânia sem nenhum escrúpulo e amor. Seu nome era Vlad Tepes IV.

Vlad Tepes IV



Acredita-se que Vlad filho ( conhecido como Conde Drácula ) veio ao mundo em 1431 – ano em que o famoso apelido do príncipe valaco ( seu pai ) teve sua origem. O imperador germânico Sigismundo convocou Vlad pai a Nuremberg e nomeou-o para a Ordem do Dragão – um grupo de cavaleiros dedicados à defesa do imperador e da cristandade contra a ameaça turca. Vlad parece ter gostado tanto da honraria que adotou o título de Dracul, “o Dragão” (“drac” é dragão em romeno, enquanto “ul” equivale ao nosso “o”). Quando adulto, seu filho do meio também entrou para a Ordem do Dragão e se tornou Draculea ou Drácula – “Filho do Dragão”.

Há quem acredite que o termo também tem a conotação de “demônio” em romeno, mas o fato é que, pelo menos no nome, ambos os “Vlads” (pai e filho) eram guerreiros de Cristo.

O conde ficou famoso por ter empalado mais de 30.000 pessoas. A técnica de empalação consistia em deitar a pessoa no chão de braços esticados e amarrar seus braços a dois cavalos. Com uma estaca afiada e suficientemente grande para agüentar o peso da vítima, ele introduzia a ponta aguda no anus do condenado e puxava os cavalos para frente. Quando a estaca estivesse bem introduzida, soltava os cavalos e enterrava a estaca na terra. O empalado ia-se enterrando pela estaca abaixo com seu peso até que lhe atravessasse a boca.


Segundo a lenda, o Conde gostava de comer ouvindo o gemido de suas vítimas empaladas. Ele sentia prazer em ver suas vítimas agonizando enquanto jantava. Em seus momentos de sadismo, Vlad perguntava se podia fazer alguma coisa pelas vítimas e elas respondiam que queriam se livrar do sofrimento. Em resposta aos pedidos, o conde fechou imediatamente a sala de jantar e, abandonando o recinto, incendiou todas as pessoas que estavam lá dentro.

Mais tarde Vlad justificou-se dizendo que apenas fizera aquilo que os pobres lhe tinham mandado fazer. Libertara-os dos sofrimentos deste mundo.

Certo dia, quando uns embaixadores estrangeiros o vieram visitar, não tiraram o chapéu na sua presença. Este lhes perguntou porque é que o não faziam. Os embaixadores disseram-lhe que não era costume deles tirar o chapéu na presença de um homem. "Muito bem. Cabe-me a obrigação de vos manter firmes aos vossos costumes".Disse Vlad, e mandou que lhes pregassem os chapéus à cabeça.

Vlad também condenava pessoas do seu povo para serem castigadas. Elas podiam ser esfoladas, mutiladas, cozidas vivas ou mortas na fogueira. Enquanto passeava pelo campo reparou num camponês que tinha a camisa rasgada e foi-lhe perguntar se ele não tinha mulher, ao que este lhe respondeu que sim. Vlad pediu então para ele o levar até ela. Quando chegou perguntou à mulher se ela era saudável e se as colheitas tinham sido boas. A mulher respondeu que sim. "Então não ha nenhuma razão para o teu marido andar com a camisa rasgada".Disse-lhe Vlad. E em seguida empalou-a em plena praça pública como lição a todas as mulheres preguiçosas e que não se interessam pelo marido.

Mesmo aclamado por toda a Europa por seu sucesso na guerra contra os turcos, a população não agüentava mais sua tirania e crueldade e falsificaram uma carta dizendo que ele se voltaria para o lado do inimigo. O conde foi preso e ficou 12 anos trancado em sua cela.

Nesse longo tempo que ficou preso, Vlad fez amizades na prisão com os guardas que lhe forneciam ratos e pequenos animais para serem empalados, apenas por diversão.

Quando foi solto, Vlad tomou seu trono de volta, mas morreu pouco tempo depois em uma batalha com os turcos.

Diz-se que, nos anos 30, numa busca ao tumulo de Drácula, no Mosteiro de Snagov, Romênia, foram encontrados só ossos de um animal. Poderia o verdadeiro Conde Drácula estar vivo?

Acho que não.

Fonte ( Revista Aventura na história )

29 Comentários:

Regina Rozenbaum rebobinou e disse...

Sangue de euzinha dou naaauuummm rsrs Deixo o amor morrer rsrs. Valeu a história... mas aposto que filhota minha, não vai querer trocar seu Crepúsculo por nenhum Conde!!!
Beijuuss n.c.

www.toforatodentro.blogspot.com

hobbyblogclube rebobinou e disse...

Olá, Marcos!
Grande dica, também sou fãzaço deste filme, assim como você já vi e revi, sendo pra mim o melhor dos melhores!
Abçs!
Rike.

Jucifer rebobinou e disse...

mas bah viajei no post guri
muito bom
me chamou a atenção do fato onde diz q ele assim como o pai eram guerreiros de cristo
nossa o ato da empalação tbm é curioso
espero q estejam errados e q tenham confundidos os ossos deles apenas com animais hehe
vai saber né
maS ADOREI o conteudo de seu post
bjim

Marcos Mariano rebobinou e disse...

Ola jucifer

d+ né
eu como um fã de coisas do gênero
também curti muito essas informações

Oi amiga Rê
rs realmente hoje em dias história
assim não fazem mais tanto sucesso
a garotada que ver é pegação nos cinemas rs

ola Rick
pode crer esse filme é um dos melhores

grande abraço a todos

greg rebobinou e disse...

legal saber essa história!!
retribuindo
http://naosentindo.blogspot.com/

Anônimo rebobinou e disse...

Simplismente senssacional esse artigo
eu achava que Drácula era um personagem
ficticio não sabia que realmente existiu
um Conde Drácula

PARABÉNS PELO POST

Ass: Bruno Castilho

Crista rebobinou e disse...

Obrigada por postar...gostei demaissss...
Beijão para ti e desculpa a minha ausência ...o que fazer para te agradar????
Pensei...pensei...e resolvi me esquentar desse frio terrível(que está fazendo no meu sul amado),aqui no teu blog...é onde eu encontro sempre aconchego,calor,ternura e muito sentimento!
Na bagagem estão minha escova de dentes,sabonetinho,perfume,calcinha...suti,não...pois eles ainda são firmes e fartos...heheheeeeee...batonzinho BOKA LOKA,da cor do pecado;fitinhas para meus cachinhos loiros dourados(alguns com a cor azul,como são azuis meus olhos azuis da cor azul do céu do meu BRASIL\o/uhuuuuuuu\o/),meus saltinhos de pedrinhas de brilhantes...risadas,amor e ternura.
Roupas?
Joguei um vestidinho de seda e um casaquinho de lã sobre meu corpinho...fiufiiiuuuuuuuu...vendo-me tremer,vais me abraçar forrrrrteeeeeeee!
Acabei de decidir:
Não vou mais...quero que sintas saudades de mim e me implores para eu aparecer de vez em quando em tua vidinha!
Já imaginou tu enjoar de mim?
Nananinãonão...vou fazer minha morada em teu coração.
E não adianta trancar a entrada dele,porque me agarro pelo lado de fora e não desgrudo de jeito nenhum...huaschuaschuasch...
Sei que sou um chute nos fundilhos...mas fazer o que se sou vidrada por tu,meu tatuzinho?????
Ôôô...reparou o quanto já escrevi????
Será que todo mundo vai ler???
Fica feliz...assim a porcentagem de aceitação de teu blog vai aumentar...rsrsrsrs...viu como até nisso eu penso,só para te agradar???
Bem...como já me esquentei no teu cantinho e me banhei com a tua luz...eu vou,mas eu volto...quem sabe voando... e não adianta arrancar minhas asinhas só para eu ficar longe de ti...huaschuaschuasch...pois eu sou terrível \o/ uhuuuuuuuu \o/...venho montada na vassourinha mesmo...huaschuaschuasch...

FrancK P_LavD rebobinou e disse...

Olá Marcos,
Boa matéria... gostei muito, parabéns!
Abraços,
FrancK
VISITE E SEJA TAMBÉM UM SEGUIDOR DO BLOGUE CLUBE DE FÃS TERESA TAROUCA:
http://clubefansteresatarouca.blogspot.com/

Obrigado pela atenção!

FrancK Lavd (Administrador do Blogue)

brenda rebobinou e disse...

oi marcos,também sou fã dos filmes q falam de drácula.amei sua matéria,d++++!!!

Anônimo rebobinou e disse...

Olá! gostei muito da matéria que vc escrevel parabens......

Anônimo rebobinou e disse...

achei interessante a história do Conde Dracula,
mas prefiro a minha saga crepúsculo.

Anônimo rebobinou e disse...

A garotada da minha escola acha legal a história do Drácula, mais todos nóis somos loucos pela saga crepúsculo.
Ass: bella

matheus rebobinou e disse...

muito legal a história....ele realmente existiu, mas esse empalamento,,eu heim....kk....abraço....
matheus

gerne2006 rebobinou e disse...

O Conde Vlad arranjava qualquer coisinha pra ficar com raiva e empalar né, pena que morreu sem sua cerimônia no próprio ânus.

Anônimo rebobinou e disse...

Sugestão para quem gosta do tema. Novo livro no mercado: "Drácula a origem, um alquimista em busca da eternidade" de Halu Gamashi.

Anônimo rebobinou e disse...

Drácula ainda está vivo, e sim, existem vampiros,pois eu sou um deles, e Drácula é meu tio

Anônimo rebobinou e disse...

Eu tenho um certo amor pelo Drácula ... melhor que essas modinhas de hoje em dia, Edward nunca chegará aos pés do Conde Dracula

Anônimo rebobinou e disse...

oimarcos adorei boa dica

justir rebobinou e disse...

oi eu gosto muito do drcula mais eu amo muito crepúsculo intao eu nao trocava ele por nigem

Edson de Paula rebobinou e disse...

Ola amigo meus parabéns vc realmente e o cara, que traz verdades ao publico e não faz como muitos ai que conta besteira e inventa coisa vc realmente pesquisa antes de fazer um tópico.

Marcos Mariano rebobinou e disse...

Olá Edson de Paula

Obg pelas palavras e por prestigiar o Rebobinando, realmente procuro sempre buscar a veracidade dos fatos antes de postar, essa é a proposta do blog.

Abraços, volte sempre

Anônimo rebobinou e disse...

Boom a coiisa e que ninguem sabe disso se ele esistiu ou se e so um miito mais valeu a hiistoria..

Andres Ion rebobinou e disse...

Muito bom adorei mas tenho só uma coisa para dizer,
eu sou romeno e palavra dracul e traduzida mal porqe dracul e diablo em lingua romena.
Mas mesmo assim parabéns

Anônimo rebobinou e disse...

interessante... , eu acho a historia de Vlad ou "conde Drácula" muito interessante
a sim, eu vi, e revi o filme
por mais de 20 vezes
e nunca enjoei de assistir;
abraço.

Anônimo rebobinou e disse...

Amei a história... valeu, obrigada!

Anônimo rebobinou e disse...

gostei,muito bom.

Beto Pacífico rebobinou e disse...

Parabéns pelo post Marcos!!! Ficou muito bom. Realmente uma triste verdade não existirem mais histórias ou filmes que retratem os vampiros como eles são, criaturas das trevas sedentas de sangue e sem escrúpulos algum, no que diz respeito a satisfação de suas próprias vontades e não aborrecentes com cabelinhos arrumados que brilham quando tocados pelo sol, ahhhh façam me o favor e voltem a dedicar o devido respeito que estes seres da noite merecem e parem de manchar sua orrenda e tenebrosa reputação com tais personagens insignificantes. Outros bons exemplos de filmes sobre vampiros são: Entrevista com o vampiro (De Anne Rice, com Direção de Neil Jordan), Os garotos Perdidos, A rainha dos condenados (que apesar de moderno retrata bem o universo desse monstros queridos) Drácula de Bella Lugosi e Nosferatu (filme mudo) são clássicos e, já que o tema do post é a real história sobre o príncipe romeno Vladslav IV, também conhecido com Vlad Teppes (que quer dizer empalador em romeno) ou, splesmente Drácula que dominou a região da valáquia na Romênia do sec. XV e foi um grande marco histórico nas guerras contra o império turco otomano, indico assistir Vlad, O príncipe das trevas.
Bem, por hora é só. Mais uma vez meus sinceros parabéns pela excelente postagem, grande abraço à todos, que assim como eu são fãs dos dentuços!!! Hehehehe...

Anônimo rebobinou e disse...

Nem sempre me agrado de todos, isso não quer dizer que não sou humana Tbm, estou entre vcs e vcs nem imaginam, podem pensar tudo que quizer que talvez possa ser a verdade, mais vcs não sabem nada, vcs pensam que ler um livrinho e saber? Rsrs,vcs nunca cam saber a verdade, pensam o que quizer, mais escrever sem estar, e fácil, imagina eu, que sou negra e tenho do quádruplo da idade de quem está lendo nesse momento,e todos que são meus amigos pensam que ainda tenho 30, não sou Branca, nem loira, mais cuidado( as aparências enganam) so eu sei, o que vcs não sabem.....

Anônimo rebobinou e disse...

Rsrs iludidos

Postar um comentário

REGRAS DO BLOG
- Todos os comentários são moderados e só ficarão disponíveis após serem aprovados.

SERÃO BLOQUEADOS OU APAGADOS AQUELES COMENTÁRIOS QUE CONSISTAM EM:
- Ofensas, grosserias e discordâncias desrespeitosas contra o autor do blog, ou outros comentaristas;
- Comentários com o objetivo exclusivo de perturbar (trollagens, provocações e bullying virtual)
- Comentários sem relação alguma com o conteúdo;
- Comentários duplicados;
- Com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa, grupo de pessoas e instituições;
- Pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;
- Propagandas políticas, religiosas, de produtos e serviços.
- Comentários que caracterizem prática de spam;

 
no-repit center;