7

Pesquisa explica por que as mulheres insistem em namorar babacas


Taí uma pesquisa que responde uma das grandes questões da humanidade: por que diabos as mulheres insistem em se envolver com caras do tipo bad boys (ou babacas ou boys lixo ou qualquer que seja a sua definição preferida para esse tipo de cara que faz o tipo bonitão e cafajeste, em alguns casos nem precisa ser bonitão, mas só por ser cafajeste já basta para as mulheres se sentirem atraidas).

 E não estamos falando só em atração: que as mulheres geralmente acha esse tipo sexy, todo mundo já sabe. O que pesquisadores da Universidade do Texas quiseram entender foi por que algumas mulheres insistem em transformar essa atração em um relacionamento de longa duração, mesmo sabendo que a chance de isso ser uma barca furada é enorme.
A resposta, segundo o estudo, está nos hormônios femininos e na bagunça que eles provocam na capacidade de julgamento das mulheres. Durante o período de ovulação, esses hormônios acabam influenciando a sua visão do que é um bom parceiro em potencial: elas passam a preferir os caras mais bonitos e sensuais e dar menos importância a fatores como a confiabilidade. 

Os experimentos

Para chegar a essa conclusão (que está publicada no Journal of Personality and Social Psychology), os pesquisadores mostraram a mulheres perfis de sites de namoro de homens do tipo mais sexy e cafajeste e do tipo mais confiável (o que provavelmente significava que eram bonzinhos, mas não providos de tanto sex appeal). Elas tiveram que avaliá-los durante períodos de fertilidade alta e baixa e dizer, em cada uma dessas ocasiões, como achavam que eles se sairiam como pais caso tivessem um filho juntos.

Resultado: quando as voluntárias estavam sob a influência dos hormônios da ovulação, elas achavam que o homem mais sexy contribuiria mais para tarefas domésticas como cuidar do bebê, comprar alimentos e cozinhar. Segundo Kristina Durante, uma das autoras, nesse período “as mulheres se iludem em pensar que os bad boys se tornarão parceiros dedicados e pais melhores. Ao olhar para eles através dos ‘óculos da ovulação’, o Sr. Errado vira o Sr. Certo”.

Em um segundo teste, as coisas ficam mais interessantes (para as voluntárias): elas tiveram que interagir pessoalmente com atores do sexo masculino que fizeram os papéis de cafajeste sexy e pai confiável. Isso também aconteceu duas vezes, uma durante seu período de ovulação e outro durante baixa fertilidade. E de novo as mulheres na primeira condição acharam que o bad boy (e não o PAI confiável) contribuiria mais para o acolhimento de uma criança.

Mas olha o truque desses hormônios para empurrar as mulheres para os braços do boy lixo: a ilusão do bom pai só vale para a hipótese de eles terem um filho com elas, não com outra mulher. Quando tinham de responder que tipo de pai um homem assim seria caso tivessem um filho com outra pessoa, elas eram rápidas em apontar os seus possíveis defeitos. No entanto, caso elas próprias fossem a mãe, a coisa mudava de figura e os bad boys viravam um ótimo pai para seus filhos.
Então ficam as lições do dia:

1-      Mulheres, fujam do boy lixo quando estiverem no período fértil se não querem correr o risco de se apaixonar e querer ter filhos com ele.
2-      Mas não fiquem desesperadas se acharem que estão apaixonadas por um desses: vai ver é só coisa de hormônios
3-      Boys lixo, agora vocês já sabem quando o seu poder sobre as mulheres fica maior. Mas atentem para os riscos.

Antes que comecem reclamações por aqui, deixemos claro que a ideia não é promover nenhum tipo de preconceito contra ninguém (até porque isso se trata de uma pesquisa cientifica, e não de minhas próprias opiniões). Como bem disse a pesquisadora Kristina Durante, boy lixo ou não, “nunca dá para saber quando o cara é o certo“.

Fonte ( Superinteressante, imagens tiradas do Google)

7 Comentários:

Angelus rebobinou e disse...

Olha, pra falar a verdade, bem que eu já desconfiava disso, hehe. Essa pesquisa só serviu pra me dar mais certeza.
Uma imformação que me passaram uma vez, mas que eu não sei se é correta, é que quando as mulheres estão no período de ovulação, elas ficam com o rosto mais vermelho. Será? Se for, é um bom indicativo de quando investir ou não.

Abração. Boa semana pra ti.

Marcos Mariano rebobinou e disse...

Olá, Angelus. Cara essa pesquisa explica bastante coisa, agora agente entende por que as vezes agente vê um cara gente boa, sendo trocado por um otário, playboyzinho que se acha, claro, se baseando nesse pesquisa agente chega a essa conclusão.

Grande abraço

lucidreira rebobinou e disse...

Alô Marcos, será por que as mulheres tem menos neurônios que os homens! risadas.
Veja matéria publicada lá no Lu cidreira sobre o período fértil da mulher e tire suas conclusões do por que isso tudo. acesse esse link...
http://lucidreira.blogspot.com.br/2012/07/o-periodo-fertil-deixa-mulher-mais.html
Por esta´r mais atraente a coisa fica a mercê delas.
E como diz um ditado por aqui, mulher não casa com cobra por que não sabe qual é o macho. Risadas de novo.
Sem nenhum tipo de preconceito, é claro.
Abraço

Anônimo rebobinou e disse...

É uma pesquisa realmente interessante, mas nem todas as mulheres se encaixam nisso, existem aquelas que são inteligentes e coerentes o suficiente para não se deixar levar por distúrbios hormonais.

Abraços boa matéria

Sissym rebobinou e disse...

Embora existam muitas mulheres inteligentes, infelizmente outras erram mesmo!



BEIJOS

Luana rebobinou e disse...

Se mulher tem poucos neurônios, não vou nem comentar em relação ao homem, que só pensa com a cabeça de baixo, quando prefere piriguetes a mulheres decentes.

Claro, sem nenhum tipo de preconceito, rsrs!

Marcos Mariano rebobinou e disse...

rs, Oi Luana é verdade, tantos as mulheres como os homens tem suas fraquezas e defeitos infelizmente ninguém é perfeito, obg por comentar, seja bem vinda volte sempre.

Postar um comentário

REGRAS DO BLOG
- Todos os comentários são moderados e só ficarão disponíveis após serem aprovados.

SERÃO BLOQUEADOS OU APAGADOS AQUELES COMENTÁRIOS QUE CONSISTAM EM:
- Ofensas, grosserias e discordâncias desrespeitosas contra o autor do blog, ou outros comentaristas;
- Comentários com o objetivo exclusivo de perturbar (trollagens, provocações e bullying virtual)
- Comentários sem relação alguma com o conteúdo;
- Comentários duplicados;
- Com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa, grupo de pessoas e instituições;
- Pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;
- Propagandas políticas, religiosas, de produtos e serviços.
- Comentários que caracterizem prática de spam;

 
no-repit center;